Sem Estrias – Tratamento para estrias

Estrias na adolescência

Publicado por em 18 de maio de 2017

Saiba como se prevenir e conheça uma forma eficaz de tratar esse problema

As estrias, sempre citadas entre os problemas estéticos que mais afligem os adolescentes, podem surgir por diversos motivos, desde aumento brusco do peso até problemas hormonais. Os principais locais de sua incidência nas meninas são a lateral das costas (próximo ao quadril), a parte frontal das coxas, a panturrilha, as nádegas e a parte média das costas. Continue lendo »

Estrias e gravidez

Publicado por em 17 de maio de 2017

Guarde apenas boas recordações do período mais feliz da sua vida

Ser mãe é uma das experiências mais enriquecedoras na vida de uma mulher. O problema é que, muitas vezes, esse período tão especial pode deixar recordações pouco agradáveis no corpo da futura mamãe. Estamos falando das estrias. De acordo com a bióloga Simone Tobias, existem diversos fatores que levam à formação de estrias durante a gravidez. Entre os principais, estão os fatores hereditários, a alimentação inadequada, que propicia o acúmulo de gordura e a retenção de líquidos, engordar acima dos nove quilos durante a gestação e a distensão natural de regiões como abdome, nádegas, coxas e seios. Continue lendo »

Aumento de peso x estrias

Publicado por em 17 de maio de 2017

Conheça uma forma eficaz de tratamento contra estrias e descubra alguns dos fatores que provocam seu surgimento

Uma das causas mais implacáveis do aparecimento das estrias é, sem dúvida, o aumento de peso. Numa visão simplista, essa causa é vista como um descontrole da alimentação, mas, na realidade, está envolvida uma série de outros fatores a ser diagnosticada e tratada por um médico especialista. Continue lendo »

A pele é o maior órgão do corpo humano

Publicado por em 3 de setembro de 2014

A pele é o órgão que envolve o corpo determinando seu limite com o meio externo. Corresponde a 16% do peso corporal e exerce diversas funções, como: regulação térmica, defesa orgânica, controle do fluxo sanguíneo, proteção contra diversos agentes do meio ambiente e funções sensoriais (calor, frio, pressão, dor e tato). A pele é um órgão vital e, sem ela, a sobrevivência seria impossível.

É formada por três camadas: epiderme, derme e hipoderme, da mais externa para a mais profunda, respectivamente. Continue lendo »

Tags: , , , , ,

Corticóides X Estrias

Publicado por em 3 de julho de 2014

Usados há mais de 50 anos nos tratamentos tópicos de doenças da pele, os corticosteróides, ou corticóides, podem ser uma arma poderosa e, ao mesmo tempo, perigosa. Os efeitos colaterais do uso de corticóides começaram a ser percebidos clinicamente nos anos 60 e no começo dos anos 70, quando havia menos preocupação com o uso tópico da substância e a prescrição era mais usual.

Os primeiros resultados foram animadores: muitas lesões desapareciam com o tratamento. Porém, os altos índices de efeito rebote despertaram os cientistas para os possíveis efeitos colaterais das aplicações.

Os corticóides ou, mais precisamente, os glicocorticóides são hormônios produzidos pela glândula supra-renal e são responsáveis por mecanismos de equilíbrio do organismo. Têm um efeito inibidor sobre as células de defesa, provocando uma reação antiinflamatória. São imunossupressores e antimitóticos. Por isso, são usados em quadros em que há, por exemplo, a presença de lesões inflamatórias, dores e hemorragias. Continue lendo »

Tags: , , , , , , ,

Acromia Química: Saiba o que é.

Publicado por em 10 de setembro de 2013

É importante ressaltar, que frequentemente nos tratamentos clínicos ou estéticos, há indicação de alguns medicamentos, como coadjuvantes que objetivam maior eficácia e rapidez e, acabem por criar um quadro clínico realmente grave, podendo deixar sequelas irreversíveis, transformando uma situação de mero desconforto estético para um problema de grandes proporções. Desta forma, faz-se necessário, ter em mente, quais são as limitações e fragilidades pessoais e principalmente avaliar o nível de desconforto do paciente antes de submete-lo a qualquer tratamento estético, e no caso de tratamentos clínicos verificar se é adequado para o seu caso, estando sempre, em acordo o profissionais da área em questão, afim de esclarecer dúvidas.
O trabalho que segue, tem por objetivo, esclarecer algumas dúvidas e questões pouco conhecidas, pela maioria das pessoas com relação a problemas de manchas (Acromia) e quais suas causas e como evitá-las.
Resumo: Esse trabalho, revê os grupos de substâncias causadoras de acromia química. Apresenta a clínica e a fisiopatologia dessa discromia, bem como tenta definir seu diagnóstico diferencial com o vitiligo idiopático. Conclui que, pela clínica, podem ser indistinguíveis; provavelmente muitos dos casos rotulados como vitiligo idiopático são, na verdade, causados por substâncias químicas; por fim, na etiologia do vitiligo idiopático, essas substâncias poderiam estar atuando no desencadeamento da doença, já que, por seu grande número e sua presença em objetos de uso diário, é impossível não se expor às mesmas nos dias atuais. Continue lendo »

Estirão de Crescimento X Estrias

Publicado por em 1 de agosto de 2009

A baixa estatura é a primeira causa de visita ao médico, mas apenas 1/3 dos pacientes apresentam uma doença de base e, quando tratados antes dos 7 anos de idade, podem ter melhora acentuada na altura final.

Entre os distúrbios de crescimento, que podem ser para mais (alta estatura) ou para menos (baixa estatura), estes últimos são 40 vezes mais freqüentes. No grupo de baixas estaturas, cerca de 2/3 dos casos são normais, baixas estaturas constitucionais, familiais ou uma mistura das duas, restando 1/3 que realmente apresentam alguma doença de base como causa da baixa estatura. Tais pacientes, se tratados com baixa idade (idealmente antes dos 7 anos de idade), podem ter uma melhora acentuada de sua altura final.
Continue lendo »

Tags: , , , , , , , , , ,