Sem Estrias – Tratamento para estrias

Arquivos da categoria 'Cuidados com a pele'

A pele é o maior órgão do corpo humano

A pele é o órgão que envolve o corpo determinando seu limite com o meio externo. Corresponde a 16% do peso corporal e exerce diversas funções, como: regulação térmica, defesa orgânica, controle do fluxo sanguíneo, proteção contra diversos agentes do meio ambiente e funções sensoriais (calor, frio, pressão, dor e tato). A pele é um órgão vital e, sem ela, a sobrevivência seria impossível.

É formada por três camadas: epiderme, derme e hipoderme, da mais externa para a mais profunda, respectivamente. Continue lendo »

Tags: , , , , ,

Acromia Química: Saiba o que é.

É importante ressaltar, que frequentemente nos tratamentos clínicos ou estéticos, há indicação de alguns medicamentos, como coadjuvantes que objetivam maior eficácia e rapidez e, acabem por criar um quadro clínico realmente grave, podendo deixar sequelas irreversíveis, transformando uma situação de mero desconforto estético para um problema de grandes proporções. Desta forma, faz-se necessário, ter em mente, quais são as limitações e fragilidades pessoais e principalmente avaliar o nível de desconforto do paciente antes de submete-lo a qualquer tratamento estético, e no caso de tratamentos clínicos verificar se é adequado para o seu caso, estando sempre, em acordo o profissionais da área em questão, afim de esclarecer dúvidas.
O trabalho que segue, tem por objetivo, esclarecer algumas dúvidas e questões pouco conhecidas, pela maioria das pessoas com relação a problemas de manchas (Acromia) e quais suas causas e como evitá-las.
Resumo: Esse trabalho, revê os grupos de substâncias causadoras de acromia química. Apresenta a clínica e a fisiopatologia dessa discromia, bem como tenta definir seu diagnóstico diferencial com o vitiligo idiopático. Conclui que, pela clínica, podem ser indistinguíveis; provavelmente muitos dos casos rotulados como vitiligo idiopático são, na verdade, causados por substâncias químicas; por fim, na etiologia do vitiligo idiopático, essas substâncias poderiam estar atuando no desencadeamento da doença, já que, por seu grande número e sua presença em objetos de uso diário, é impossível não se expor às mesmas nos dias atuais. Continue lendo »