Sem Estrias – Tratamento para estrias

Estrias e gravidez

Guarde apenas boas recordações do período mais feliz da sua vida

Ser mãe é uma das experiências mais enriquecedoras na vida de uma mulher. O problema é que, muitas vezes, esse período tão especial pode deixar recordações pouco agradáveis no corpo da futura mamãe. Estamos falando das estrias. De acordo com a bióloga Simone Tobias, existem diversos fatores que levam à formação de estrias durante a gravidez. Entre os principais, estão os fatores hereditários, a alimentação inadequada, que propicia o acúmulo de gordura e a retenção de líquidos, engordar acima dos nove quilos durante a gestação e a distensão natural de regiões como abdome, nádegas, coxas e seios. “Essa distensão afeta, principalmente, as mulheres que suem estruturas corpóreas magras, cujo tecido epitelial não admite tal distensão”, afirma Simone. Ela explica que o aparecimento das estrias, geralmente, segue urna ordem: primeiro elas surgem no abdome, principalmente ao redor do umbigo, num raio aproximado de um palmo e logo acima da região pubiana. Em seguida, as estrias surgem nos seios, na parte frontal das coxas e nas nádegas. “A impressão da mulher é que a região abdominal está totalmente tomada pelas estrias. Na verdade, o que normalmente se constata é que a flacidez é mais visível do que as estrias. Portanto, para obtermos a eficácia no resultado final do tratamento, é necessário eliminar as estrias e reduzir a flacidez”, explica Simone.

Para eliminar as estrias, a bióloga pesquisou o método da micropunturação com estímulos elétricos e desenvolveu um tratamento inovador. A técnica consiste em mudar a morfologia das células estriadas, tornando a pele lisa outra vez. O tratamento é complementado com o uso de um sérum regenerativo enzimático, também desenvolvido por Simone, que é especialista em enzimologia. A pesquisadora garante que o método é seguro e indolor e que pode ser aplicado também em pessoas de pele morena. Em alguns casos, Simone realiza um tratamento inicial com o sérum, para preparar a pele. Dessa forma, não há riscos de surgirem manchas ou cicatrizes.

Simone informa que a técnica da micropunturação é definitiva, ou seja, as estrias somem e não voltam a aparecer. Além disso, não é necessário realizar manutenção: após o término do tratamento, a pele volta a ser exatamente como era antes da gravidez, e a paciente pode “curtir” seu corpo sem se preocupar com as marcas da gestação.

Durante a gravidez, a distensão demasiada da pele pode ocasionar a formação de estrias no abdome (crescimento uterino) e nas mamas. Se você se apavora só de pensar que poderá desenvolver estrias durante a gestação, saiba que a bióloga e bioquímica Simone Tobias desenvolveu uma técnica eficaz contra as estrias

As estrias são um problema estético que atigem cerca de 80% das mulheres. Entre os fatores de risco para a formação de estrias está o período de gestação. Elas aparecem justamente pela distensão demasiada da pela em um curto período de tempo. “As grávidas que têm estrias no pós-parto iniciam suas rupturas de fibras de elastina e colágeno durante a gravidez. Porém, estas são camufladas pela distensão demasiada da pele”, comenta Simone Tobias.

Técnica eficaz

A pesquisadora desenvolveu uma técnica capaz de eliminar completamente as estrias, à base de enzimas e micropunturações. O tratamento atua diretamente na morfologia das células que formam as estrias, regenerando os tecidos e eliminando completamente as estrias recentes e antigas.

O tratamento é eficaz contra todos os tipos de estrias, até mesmo para aquelas mais antigas e esbranquiçadas.

De acordo com Simone, essa técnica promove uma completa regeneração do tecido epitelial. Por isso as estrias não voltam a aparecer após o término do tratamento, não sendo necessário nenhum tipo de manutenção.

Tratamento no verão

Se você pensa que fazer o tratamento terá que evitar o sol, está enganada. O tratamento é totalmente natural e pode ser aplicado em todo tipo de pele, inclusive no verão, pois a pessoa pode tomar sol na região tratada sem perigo de a pele ficar manchada. “O tratamento é inclusive ativado pelos raios solares que estimulam a função dos melanócitos, responsáveis pela repigmentação das estrias. Por isso aconselho minhas pacientes a tomar pelo menos 20 minutos de sol por dia”, comenta Simone.

Resultados na primeira aplicação

O número de sessões varia muito em função da capacidade regenerativa da pele, e as pacientes obtêm resultados visíveis já na primeira aplicação. “Se não for observada melhora de pelo menos 20% após a sessão inicial, tanto no comprimento quanto na espessura das estrias, o tratamento é interrompido”.

Recomendações

Para realizar o tratamento, é essencial que a paciente nunca tenha usado ácidos. Além disso, não é indicado para quem tem flacidez localizada, principalmente no caso das estrias abdominais, causadas pela gravidez.

Atendimento em Brasília

As pessoas que residem em Brasília, ou na região Centro-Oeste, podem entrar em contato coma Dra. Simone, que também atende no Distrito Federal

Marque agora a sua consulta